< VOLTAR

Dry needling pode melhorar a mobilidade da coluna e reduzir a dor na Fibromialgia.

Publicado 04/04/2017
Notícias

Um tratamento para Fibromialgia conhecido como “dry needling” ou agulhamento a seco reduz a dor nos pontos-gatilho e aumenta a mobilidade da coluna, de acordo com o estudo, “Effects of Dry Needling on Spinal Mobility and Trigger Points in Patients with Fibromyalgia Syndrome,” publicado na revista Pain Physician, em fevereiro de 2017.

No estudo, os efeitos da agulha seca nos músculos espinhais (torácico e lombar) dos pacientes com Fibromialgia foram comparados com cross tape que utiliza uma fita de malha cruzada não elástica aplicada nos mesmos pontos de gatilho.

Um total de 64 pacientes foram recrutados no Hospital Universitário Virgen de la Arrixaca em Murcia, Espanha, e colocados aleatoriamente em grupos de terapia com agulhas secas ou com fita cruzada. Todos os participantes receberam quatro sessões de terapia uma vez por semana.

Os pontos-gatilho incluíam os músculos lombares (dorsal), músculos extensores das costas e o quadrado lombar, que, embora localizados na região lombar, são os músculos abdominais mais profundos. As medições da mobilidade espinal e da dor foram registradas no início e após cinco semanas de tratamento.

Os resultados mostraram uma diferença significativa entre os dois grupos.

"Neste estudo, uma terapia com agulhas secas de 4 semanas diminuiu significativamente o número de MTrPs [pontos-gatilho miofaciais] em comparação com o grupo fita cruzada, principalmente nos MTrPs dos músculos dorsais e quadrado lombar. A agulha seca também mostrou uma grande melhora na intensidade da dor", escreveram os pesquisadores em seu relatório.

"A agulha seca e as abordagens de fitas cruzadas relataram um efeito semelhante para medidas de mobilidade da coluna vertebral, com exceção do grupo de agulhamento seco em posição sentada, onde a agulha seca mostrou uma grande melhora", informou a equipe.

Os cientistas, entretanto, reconheceram três limitações principais no estudo: "Os resultados não foram coletados por um período de longo prazo de seguimento. As terapias de agulhamento seco ou de fita cruzada foram usadas isoladamente quando, na realidade, os fisioterapeutas geralmente tratam pacientes com Fibromialgia fazendo uma abordagem multimodal. Um grupo controle não tratado não foi incluído. "

Portanto, a equipe sugere que futuras investigações são necessárias para determinar a eficácia da técnica, a longo prazo, em pacientes com Fibromialgia.

Fonte: Effects of Dry Needling on Spinal Mobility and Trigger Points in Patients with Fibromyalgia Syndrome. Castro-Sánchez A M, García-López H. e cols. Pain Physician Fev. 2017; 20:37-52.