< VOLTAR

Queixa de problema de memória e concentração em pacientes com Fibromialgia não devem ser minimizada

Publicado 05/05/2017
Notícias

Um estudo espanhol concluiu que a maioria das mulheres com Fibromialgia dizem ter problemas de memória e dificuldade para se concentrar, além de sofrerem de ansiedade e depressão. Seus autores recomendam analisar suas descobertas em profundidade para melhorar o bem-estar das mulheres com a doença.

O estudo “Cognitive complaints in women with fibromyalgia: Are they due to depression or to objective cognitive dysfunction?” foi publicado na revista Clinical and Experimental Neuropsychology.

As pacientes com Fibromialgia têm frequentemente queixas cognitivas, mas os médicos nem sempre conseguem definir se esses sintomas são causados pela disfunção cognitiva da Fibromialgia ou se são causados por um quadro de depressão.

Entre agosto de 2012 e março de 2014, pesquisadores recrutaram 105 mulheres com Fibromialgia e realizaram avaliações neuropsicológicas, incluindo medidas de atenção e funções executivas. Os participantes preencheram questionários sobre diversos tópicos, como queixas cognitivas, ansiedade, depressão, intensidade da dor, funcionamento físico, qualidade do sono e qualidade de vida.

Quase 83% das mulheres apresentaram queixas cognitivas, 23% delas ligeiras e 60% moderadas a intensas. Em geral, os sintomas depressivos, baixa capacidade de memória de trabalho e baixa capacidade física diária foram mais comuns em mulheres que relataram queixas cognitivas. No total, 82 por cento das mulheres tinham sintomas de depressão e 70 por cento tinham "níveis significativos de ansiedade", enquanto 68,6 por cento das participantes tinham depressão e ansiedade.

"Os resultados deste estudo confirmam que as queixas cognitivas subjetivas são muito frequentes em pacientes com fibromialgia, mas que não estão exclusivamente relacionadas a sintomas depressivos. Disfunção cognitiva funcional e objetiva também poderia estar envolvida em sua manifestação ", escreveram os pesquisadores. Eles também recomendaram aos médicos para "não minimizar" queixas cognitivas dos seus pacientes.

Fonte: Cognitive complaints in women with fibromyalgia: Are they due to depression or to objective cognitive dysfunction? Gelonch O., Garolera M. e cols. Journal of Clinical and Experimental Neuropsychology.  Publicado on-line 17/04/2017.  http://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/13803395.2017.1301391 (Acesso 03/04/2017)