Além do tratamento médico convencional – que jamais deve ser abandonado – há outras maneiras de combater os efeitos da fibromialgia e ter mais qualidade de vida em caso de diagnóstico positivo da doença. Confira algumas práticas recomendadas.

Apsen

13 artigos

Um grupo de estudos do Centro de Saúde de Sevilha, na Espanha, concluiu que determinados tratamentos alternativos ampliam o rol terapêutico para pessoas com fibromialgia. A equipe médica inspecionou os efeitos de tratamentos como a acupuntura em 153 pacientes diagnosticados com a síndrome que causa dores insuportáveis em diversas partes do corpo e não tem causa aparente.

Os resultados mostraram que, após dez semanas de sessões, os pacientes submetidos às técnicas terapêuticas apresentaram 41% mais melhora nos sintomas da fibromialgia que aqueles que receberam os mesmos tratamentos, mas como placebo.

Além dos remédios e exercícios que fazem parte do tratamento convencional contra a fibromialgia, diversas técnicas podem ajudar a pessoa a diminuir suas dores. Mas os médicos lembram: estas técnicas são aliadas, suplementares, e o tratamento convencional não pode ser abandonado ou interrompido em momento algum.

Confira algumas das técnicas alternativas que ajudam a combater as dores da fibromialgia, além da acupuntura:

Meditação aquática

Seja pelo exercício de relaxamento, seja pela técnica em si, ficar dentro de uma piscina tem efeitos praticamente óbvios e ajudam a diminuir as dores.

Massagem

Toques cuidadosos podem diminuir as dores, mas é preciso evitar a massagem clássica e o shiatzu, que podem piorar a situação.

Termoterapia

Compressas quentes ajudam a relaxar a musculatura e melhoram a circulação, de modo que têm efeito direto contra as dores da fibromialgia.

Consulte sempre seu médico.

Referências:

https://saude.abril.com.br/bem-estar/acupuntura-contra-a-fibromialgia/

Comentário

Você deve estar logado para conseguir realizar comentários.