< VOLTAR

Como melhorar os sintomas da fibromialgia com a sua dieta

Publicado 22/05/2018
Convivo Bem

Quais os alimentos que uma pessoa com fibromialgia deve evitar?

 De acordo com a Arthritis Fundation, aditivos alimentares chamados excitotoxinas podem agravar os sintomas da fibromialgia. Exemplos desses alimentos incluem glutamato, aspartato e L-cisteína. Estes são frequentemente adicionados aos substitutos do açúcar, como o aspartame.

Outro aditivo alimentar, o glutamato monossódico (MSG), é frequentemente adicionado a muitos alimentos asiáticos e congelados. A pesquisa não concluiu totalmente que esses aditivos podem piorar os sintomas da fibromialgia. No entanto, algumas pessoas com fibromialgia descobriram que sentem menos dor quando removem esses aditivos de sua dieta.

Além de evitar aditivos, algumas pessoas com fibromialgia encontraram alívio evitando os seguintes alimentos:

  • Lacticínios
  • Alimentos contendo glúten
  • Farinha refinada
  • Açúcar

Evitar esses alimentos não necessariamente elimina todos os sintomas, mas pacientes com fibromialgia podem se beneficiar de manter um diário alimentar e comentar qualquer sintoma que possam ter após comer determinados alimentos. Se uma pessoa identifica padrões entre os alimentos que ingeriu e sintomas dolorosos, pode considerar a remoção de determinados alimentos de sua dieta.Quais alimentos podem ajudar uma pessoa com fibromialgia?

A vitamina D pode ajudar a reduzir os sintomas da fibromialgia. As gemas são uma boa fonte de vitamina D. De acordo com o Instituto Nacional de Saúde Norteamericano, tomar suplementos de vitamina D pode ajudar a reduzir os sintomas da fibromialgia em pessoas com deficiência de vitamina.

Fontes alimentares de vitamina D podem ser encontradas em:

  • Gemas de ovo
  • Iogurte desnatado fortificado com vitamina D
  • Suco de laranja fortificado com vitamina D
  • Peixe-espada
  • Atum, enlatado em água
  • Cereais integrais fortificados com vitamina D.

Embora os alimentos que contêm vitamina D possam não ajudar todas as pessoas com fibromialgia, ingeri-los é muito benéfico, pois a vitamina D ajuda a construir ossos mais saudáveis.

Suplementos

Uma pessoa com fibromialgia também deve sempre conversar com seu médico antes de começar a tomar qualquer suplemento, mesmo que ele seja rotulado como "natural".

O Instituto Nacional de Saúde também alerta às pessoas de que produtos de saúde naturais e até suplementos vitamínicos nem sempre são seguros. Esses produtos também podem interferir com qualquer medicamento que uma pessoa com fibromialgia esteja tomando. Por esse motivo, qualquer pessoa que esteja considerando tomar suplementos ou outras substâncias deve discuti-las com seu médico para garantir que não ocorram interações adversas.

Adaptado de https://www.medicalnewstoday.com/articles/315386.php (acessado em 12 abril de 2018)