< VOLTAR

Dicas para cozinhar com fibromialgia

Publicado 22/05/2018
Notícias

Alguns pacientes com fibromialgia podem ter muita dificuldade em cozinhar. O tipo e nível de dificuldade varia de pessoa para pessoa. Enquanto alguns são incapazes de ficar de pé enquanto preparam o prato, a maioria luta para segurar a faca e aplicar pressão ao cortar legumes ou sovar uma massa.

Um processador de alimentos certamente é uma dádiva, mas às vezes pode-se não querer usá-lo porque a quantidade é pequena ou porque não quer limpar os recepientes e as lâminas do processador, pois isso também pode ser difícil devido a fibromialgia.

O site Fibromyalgia Awareness.com postou algumas receitas fáceis e dicas de culinária para ajudar nesses casos, quando não existe ama ajudante disponível.

Aqui estão algumas dicas básicas para ajudá-lo a gerenciar sua cozinha com facilidade:

  1. Geralmente as manhãs são mais difíceis: a rigidez matinal faz até mesmo uma tarefa simples ficar complicada. É uma boa idéia limpar e picar os legumes ou sovar a massa (se puder) no dia anterior, ou em algum momento no final da tarde ou a noite, sempre que a dor e a rigidez forem menores. Se você precisa sair para o trabalho mais cedo e também levar o almoço, cozinhe na noite anterior e leve à geladeira.

  2. Saiba o que você pode cozinhar facilmente: opte por receitas mais fáceis e rápidas (de preferência saudáveis) quando a dor é intensa. Mantenha uma lista de receitas à mão para não se estressar pensando no que cozinhar quando não puder.

  3. Planeje a preparação: Planeje a preparação antes de entrar na cozinha. Por exemplo. Coloque o arroz para cozinhar e, enquanto isso, pique os legumes. Planeje com antecedência para ter menos tempo trabalhando.

  4. Faça pausas: Se você planeja preparar uma refeição completa ou algo que envolva um procedimento longo, faça pequenas pausas entre elas. Se suas pernas doerem, sente-se por 5-10 minutos em intervalos e continue.

  5. Compras de ingredientes: estoque os ingredientes que você usa regularmente. Não carregue sacolas pesadas se os ombros ou as mãos doerem. Divida as compras de uma maneira que você não acabe carregando quilos de grãos e frutas ao mesmo tempo. Mantenha a lista de compras acessível para vencer o “fibrofog”.

  6. Use Post-its: Aguns pacientes gostam muito dessa idéia. “Fibrofog” é um sintoma desagradável. Então, sempre que se lembrar de que precisa comprar alguma coisa, escreva na hora em um post-it na geladeira. Isso ajuda, porque quando você for ao supermercado não precisará fazer força para se lembrar do que precisa. Por que adicionar fadiga, estresse e dor?
Fonte: http://www.fibromyalgiaawareness.com/search/label/Fibromyalgia%20and%20Cooking (acessado em 12 de abril de 2018)